A Relatividade do Comprimento

Relatividade Comprimento



 

   Suponhamos que um objeto tenha comprimento L' quando em repouso em relação a um observador (fig. l0). Einstein mostrou que, quando se move com velocidade V (em relação a esse mesmo observador) na mesma direção em que foi medido o comprimento (fig. 11 ), esse objeto apresenta um comprimento L tal que: 

   Observe que o comprimento h não se altera.

   Dizemos então que houve uma contração de comprimento. A equação que liga L'e L é: 

 

  • Veja Bem:

   A contração de comprimento dada pela equação IV pode ser percebida por meio de medidas. No entanto, o aspecto visual é outra coisa. A imagem formada na retina de um observador (ou no filme de uma máquina fotográfica) é constituída de raios de luz que chegam praticamente ao mesmo tempo na retina (ou no filme), mas partiram do objeto em momentos diferentes. A conseqüência disso é que a imagem vista (ou fotografada) é levemente distorcida. Na figura a mostramos um cubo em repouso. Quando esse cubo se move para a direita com velocidade próxima de c, a imagem observada tem o aspecto da figura b, como mostra uma simulação feita em computador.

                           

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

         

Relatividade
Voltar ao menu relatividade